Skip Navigation Links

Tecnologia
Parágrafos Relacionados ao Tema Parágrafos VII Cúpula

- Antígua e Barbuda - Argentina - Bahamas - Barbados - Belize - Bolívia - Brasil - Canadá - Chile - Colômbia - Costa Rica - Dominica - El Salvador - Equador - Estados Unidos da América - Grenada - Guatemala - Guiana - Haiti - Honduras - Jamaica - México - Nicarágua - Panamá - Paraguai - Peru - República Dominicana - Saint Kitts e Nevis - Santa Lúcia - São Vicente e Granadinas - Suriname - Trinidad e Tobago - Uruguai - Venezuela -
Relatórios
Data  20/06/2010 
Uma maneira pela qual o Canadá promove a inovação, competitividade e desenvolvimento social é por meio da negociação de acordos de livre comércio bilaterais e regionais. Tais acordos podem servir de catalisadores de relações colaborativas entre uma ampla diversidade de atores, incluindo formuladores de políticas, pesquisadores e especialistas técnicos em diferentes níveis da cadeia de valores. As trocas bilaterais frequentemente levam a iniciativas que promovem o desenvolvimento de tecnologias inovadoras que por sua vez melhoram a competitividade e o desenvolvimento sócio-econômico de economias parceiras.

Com sua participação em atividades e reuniões da Comissão Interamericana de Telecomunicações (CITEL), o Canadá tem contribuído para o desenvolvimento de políticas que apoiam a liberalização e a inovação em Tecnologias de Informação e de Comunicações (TIC) e telecomunicações. Ao mesmo tempo, a participação do Canadá na CITEL tem promovido elos entre instituições acadêmicas especializadas em telecomunicações.

Com a representação na CITEL e em fóruns bilaterais e multilaterais internacionais, a Divisão de Políticas de Telecomunicações do Ministério da Indústria do Canadá promove a discussão sobre tecnologias emergentes e outras questões internacionais relacionadas às TICs, compartilha informações e melhores práticas com outros países e promove a cooperação no cenário internacional de telecomunicações.
Parágrafos: 22 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  18/06/2010 
O Canadá participa ativamente de todas as atividades e programas realizados pela Comissão Interamericana de Telecomunicações, que conduzem à redução do fosso digital e à promoção do uso das tecnologias de informação e comunicações para o desenvolvimento social e econômico. O Canadá foi um dos autores da Agenda de Conectividade para as Américas e do Plano de Ação de Quito, que servem como diretrizes para os países na região, assistindo-os na elaboração e na implementação de Agendas de Conectividade Nacionais.

O Centro Internacional de Pesquisas para o Desenvolvimento (IDRC) do Canadá é uma das principais instituições no mundo na geração e aplicação dos conhecimentos necessários para enfrentar os desafios do desenvolvimento internacional. O IDRC trabalha de forma colaborativa com pesquisadores do mundo em desenvolvimento em busca dos meios necessários para construir sociedades mais sadias, mais equitativas e mais prósperas. O IDRC apóia pesquisa em quatro grandes áreas: agricultura e meio ambiente; saúde e sistemas de saúde; ciência, tecnologia e inovação; e política social e econômica. Na América Latina e no Caribe, o IDRC vem ajudando a identificar e criar a capacidade necessária para empregar a tecnologia como ferramenta de valorização do desenvolvimento, gerando progresso tangível na participação do cidadão, na transparência governamental, na promoção de oportunidades econômicas sustentáveis e inovadoras para as classes mais pobres, melhor acesso aos serviços públicos e uma compreensão melhor da dinâmica e da evolução da inclusão digital. A OEA já reconheceu que o apoio do IDRC é crítico ao desenvolvimento e à implementação da Comunidade Virtual da Cúpula, um mecanismo online novo e inovador de participação e colaboração entre os Estados Membros e outros atores no processo da Cúpula.
Parágrafos: 43 Parágrafos VII Cúpula: -

Recursos Relacionados