Skip Navigation Links

Ambiente
Parágrafos Relacionados ao Tema Parágrafos VII Cúpula

- Antígua e Barbuda - Argentina - Bahamas - Barbados - Belize - Bolívia - Brasil - Canadá - Chile - Colômbia - Costa Rica - Dominica - El Salvador - Equador - Estados Unidos da América - Grenada - Guatemala - Guiana - Haiti - Honduras - Jamaica - México - Nicarágua - Panamá - Paraguai - Peru - República Dominicana - Saint Kitts e Nevis - Santa Lúcia - São Vicente e Granadinas - Suriname - Trinidad e Tobago - Uruguai - Venezuela -
Relatórios
Data  20/06/2010 
O Canadá continua comprometido com o desenvolvimento sustentável como disposto na Declaração sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento do Rio de Janeiro de 1992; Programa de Ação de Barbados de 1994; Declaração de Santa Cruz de la Sierra de 1996; Declaração sobre Desenvolvimento Sustentável de Johannesburg de 2002; Declaração de Santa Cruz + 10 e Declaração dos Objetivos do Milênio das Nações Unidas.
Parágrafos: 57 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
O Canadá é um participante ativo e construtivo do processo da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (CQNUMC) e está empenhado em cumprir os objetivos finais da convenção, em consonância com seus princípios e disposições.

O Canadá apoia o Acordo de Copenhagen como um passo importante rumo a um novo, justo, efetivo e amplo acordo, para cumprir os objetivos da CQNUMC. O Acordo de Copenhagen inclui um acordo compartilhado quanto à necessidade de cortes profundos nas emissões globais, de modo a manter o aumento da temperatura global abaixo de 2° C, incorpora compromissos para redução das emissões em todas as grandes economias, e prevê o financiamento para apoiar os esforços de mitigação e adaptação nos países em desenvolvimento.

O Canadá associou-se formalmente ao Acordo de Copenhagen. Em 29 de janeiro de 2010, o governo apresentou uma meta econômica de redução de emissões para 2020 de 17 por cento abaixo dos níveis de 2005 para a listagem no Apêndice I do Acordo, o que está alinhado com a meta dos Estados Unidos. O Canadá continuará a manter uma abordagem harmonizada com a legislação e as medidas dos EUA, à luz da estreita integração das duas economias e de sua proximidade geográfica. Como um importante passo para o cumprimento da meta canadense, em 1° de abril de 2010, o governo do Canadá lançou duas novas regulamentações para reduzir as emissões de gases de efeito estufa de novos veículos, que serão harmonizadas com os padrões nacionais obrigatórios dos Estados Unidos, começando com o modelo do ano de 2011.

O Canadá irá contribuir com sua cota justa para o compromisso coletivo dos países desenvolvidos, no âmbito do Acordo para fornecer novos e adicionais recursos próximos a CAD$30 bilhões para o período de 2010 a 2012.
Parágrafos: 58 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
O Canadá foi um participante ativo e construtivo na 15ª Conferência das Partes para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima em Copenhagen. O Canadá apoia inteiramente o Acordo de Copenhagen, como um avanço significativo nos esforços globais para enfrentar a mudança climática.

O Canadá está empenhado em trabalhar com parceiros internacionais para implementar o Acordo de Copenhagen como um pacote de compromissos, e formalizá-lo como a base para negociações, sob a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima, com vistas a um acordo global, juridicamente vinculativo pós-2012.

O Canadá continua se empenhando para assistir o México em seu papel como anfitrião da 16ª Sessão da Conferência das Partes para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima em Cancun em dezembro de 2010.
Parágrafos: 59 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
O Canadá aprovou legislação em 2009 para reforçar a aplicação de leis que protegem parques nacionais, áreas nacionais de preservação marinha, ar, terra, água e vida selvagem do Canadá. Quando a nova legislação entrar em vigor, ela irá pôr em prática um regime de leis mais fortes de proteção do meio ambiente e da saúde dos canadenses. Ela irá introduzir sanções mais severas e novos poderes de condenação, e irá fortalecer a capacidade do governo para investigar infrações. As mudanças legislativas foram acompanhadas de medidas complementares, incluindo a duplicação do número de agentes ambientais e florestais, e a melhoria do apoio de laboratório forense, coleta de dados, análise e sistemas de gestão.
Parágrafos: 63 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
O Canadá promove a sustentabilidade ambiental por meio de cooperação regional, incluindo atividades como:

• Apoio ao desenvolvimento e ao crescimento de uma Rede Regional Ibero-Americana de Modelo Florestal, que gerencia um programa regional de trabalho ligado à gestão sustentável de paisagens florestais. Esse apoio resultou em doze membros latino-americanos participando efetivamente. O Canadá continua a facilitar as comunicações, troca de conhecimento, capacitação e financiamento de oportunidades para florestas modelo e para aquelas que ainda irão integrar a rede.

• Apoio à participação de dois agentes chilenos no curso Líderes do Sistema de Parques do Conselho Canadense de Parques.

• Assinatura de um Memorando de Entendimento de cooperação para a preservação da vida selvagem com a Comissão Nacional para Áreas Naturais Protegidas do México e diversas agências dos EUA.

• Ampliação da capacidade do Canadá para preservar aves e outras espécies migratórias internacionalmente, usando instrumentos que incluem: a Iniciativa Norte-Americana para Preservação de Aves, o Acordo Canadá – Chile para Cooperação Ambiental, a - em desenvolvimento – Iniciativa do Hemisfério Oeste sobre Espécies Migratórias, e o Comitê Trilateral Canadá – México – EUA para a Preservação e a Gestão da Vida Selvagem e do Ecossistema.

• Trabalho com México e Estados Unidos em atividades conjuntas na área de treinamento, inteligência e troca de informações, por meio do Grupo Norte-Americano de Fortalecimento da Vida Selvagem; e facilitação da participação, em 2009, de agentes florestais chilenos em treinamento.

• Produção de uma série de relatórios focados na adaptação da biodiversidade à mudança climática, para enfrentar críticas falhas de informação e instrumentos necessários para a tomada de decisões relacionada à biodiversidade e à adaptação à mudança climática.

• Desenvolvimento de política nacional para partilha de benefícios para recursos genéticos e conhecimento tradicional associado, pelo envolvimento com povos indígenas e outras partes interessadas.
Parágrafos: 64 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
Em apoio à preservação dos recursos marinhos e à proteção dos ecossistemas marinhos nas Américas, o Canadá trabalha no contexto do Acordo das Nações Unidas sobre Estoques de Peixes, da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) e da Comissão para a Cooperação Ambiental, estabelecida no âmbito do Acordo Norte-Americano sobre Cooperação Ambiental.
O Canadá organizou um workshop de dois dias com representantes da região do Caribe em Sta. Lucia em 27-28 de julho de 2009, para compartilhar melhores práticas em matéria de normas internacionais para a pesca e a gestão sustentável dos oceanos, e para reprimir a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada. O Canadá acolheu um workshop da CDB em setembro de 2009 sobre o uso de sistemas de classificação biogeográfica e identificação de áreas marinhas além de jurisdição nacional que necessitam de proteção.

O Canadá continua a trabalhar com a Comissão para a Cooperação Ambiental sobre preservação marinha, por meio de projetos como os das Redes Marinhas Norte-Americanas Protegidas e os Planos de Ação Norte-Americanos de Preservação.
Parágrafos: 65 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
O Canadá está empenhado em discussões com outros países das Américas para preparar a Segunda Reunião Interamericana de Ministros e Altos Funcionários sobre Desenvolvimento Sustentável, a se realizar na República Dominicana em outubro de 2010.
Parágrafos: 66 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  20/06/2010 
O Canadá valoriza e aprecia a contribuição do Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (em inglês, IPCC) ao conduzir amplas avaliações da ciência da mudança climática. O Canadá aceita as principais conclusões do Quarto Relatório de Avaliação e continua a apoiar o IPCC em seu trabalho. O governo do Canadá participa ativamente do processo do IPCC e apoia especialistas canadenses do governo, meio acadêmico e indústria que contribuem para o desenvolvimento de relatórios do IPCC.

O Canadá foi um participante ativo e construtivo na 15ª Conferência das Partes para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima em Copenhagen. O Canadá apoia inteiramente o Acordo de Copenhagen, como um avanço significativo nos esforços globais para enfrentar a mudança climática.
O Acordo de Copenhagen reconhece a ciência documentada pelo Quarto Relatório de Avaliação do IPCC, e o fato de que o desenvolvimento econômico e a erradicação da pobreza são as prioridades primeiras e absolutas dos países em desenvolvimento, e que uma estratégia de desenvolvimento com baixas emissões é indispensável para o desenvolvimento sustentável.
Parágrafos: 67 Parágrafos VII Cúpula: -

Recursos Relacionados