Skip Navigation Links

Gestão de Desastres
Parágrafos Relacionados ao Tema Parágrafos VII Cúpula

- Antígua e Barbuda - Argentina - Bahamas - Barbados - Belize - Bolívia - Brasil - Canadá - Chile - Colômbia - Costa Rica - Dominica - El Salvador - Equador - Estados Unidos da América - Grenada - Guatemala - Guiana - Haiti - Honduras - Jamaica - México - Nicarágua - Panamá - Paraguai - Peru - República Dominicana - Saint Kitts e Nevis - Santa Lúcia - São Vicente e Granadinas - Suriname - Trinidad e Tobago - Uruguai - Venezuela -
Relatórios
Data  18/06/2010 
O Canadá é ativo no apoio a iniciativas de redução de riscos de catástrofes nas Américas e na região do Caribe. O Canadá está contribuindo com CAD$20 milhões para o Mecanismo de Seguro de Risco para Catástrofes no Caribe de 2007 a 2012. Além disso, o Canadá está contribuindo com CAD$20 milhões para o Programa de Gestão de Riscos de Catástrofes no Caribe de 2007 a 2015, para fortalecer a capacidade regional, nacional e em nível comunitário de mitigação, gestão e resposta coordenada a perigos naturais e tecnológicos, e aos efeitos da mudança climática. O Canadá forneceu CAD$250.000 à Plataforma Regional ISDR em 2009. Além disso, o Canadá oferece apoio ao Programa de Preparativos e Coordenação de Socorro em Casos de Desastres da OPAS desde 1988. O Canadá contribui para o trabalho do comitê para o restabelecimento dos serviços hidrometeorológicos do Haiti da Organização Meteorólogica Mundial (OMM). Equipamentos especializados de tecnologia da informação foram enviados para ampliar a capacidade de dar previsões e alertas, em particular durante as estações de chuvas e de furacões de 2010. Além disso, para a estação de ciclones de 2010, o Canadá está em enviando meteorologistas para aumentar a capacidade do Serviço Meteorológico do Haiti. O Canadá foi identificado como o líder para a Equipe de Monitoramento da OMM, para recomendar iniciativas de curto, médio e longo prazo para aumentar a capacidade operacional dos Serviços Meteorológicos e Hidrológicos do Haiti. Além disso, o Canadá também dá suporte financeiro a organizações que prestam assistência humanitária após desastres naturais. Essas organizações trabalham para garantir que as necessidades humanas básicas tais como a segurança física, alimentação, água, saúde e abrigo sejam atendidas. Por exemplo, depois do terremoto que arrasou o Haiti em 12 de janeiro de 2010, o Canadá contribuiu com mais de $150 milhões em assistência humanitária.
Parágrafos: 60 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  18/06/2010 
Na Plataforma Global para a Redução de Riscos de Desastres Naturais em junho de 2009, o Canadá anunciou seu compromisso para estabelecer uma Plataforma Nacional para a Redução de Riscos de Desastres, em conformidade com a Declaração e o Quadro de Ação de Hyogo. Uma vez estabelecida, a Plataforma Nacional do Canadá irá criar um ambiente propício para uma maior conscientização e incentivo à integração das políticas, planos e programas nacionais de conhecimento sobre os riscos e medidas para reduzir suas consequências negativas. A Plataforma Nacional do Canadá terá como objetivo envolver todos os níveis de governo e as partes interessadas, que representam uma variedade de setores, na coordenação dos esforços para a gestão de riscos e de potenciais impactos. Por meio da Plataforma Nacional, o governo do Canadá irá alavancar recursos e expertise para colaborar com iniciativas nacionais, regionais e internacionais de redução de riscos de desastres. Desde 2006, o Canadá tem realizado anualmente a campanha “72 horas…Sua família está preparada?”, que reconhece que a preparação para emergências é uma responsabilidade compartilhada entre todos os níveis de governo e os cidadãos. A campanha encoraja os canadenses a estarem preparados para enfrentar por conta própria pelo menos as primeiras 72 horas de uma emergência, permitindo aos socorristas focar naqueles em necessidade urgente. O Canadá tem também contribuído para o Programa de Gestão de Risco de Desastres do Caribe, que objetiva aumentar a capacidade de organizações regionais, governos nacionais e comunidades locais para responder e gerir desastres naturais, assim como para reduzir seu impacto.
Parágrafos: 61 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  18/06/2010 
Reconhecendo as relações entre adaptação, redução de risco de desastres e outras questões de desenvolvimento correlacionadas, o Canadá encoraja a colaboração entre os diversos players, agências e fóruns para abordar essas questões. O Canadá tem feito significativos investimentos em iniciativas para a redução de risco de desastres, com um forte foco nas Américas. A contribuição total do Canadá para a redução de risco de desastres na região remonta a mais de CAD$50 milhões de 2010 a 2015, para projetos como o Mecanismo de Seguro de Risco para Catástrofes no Caribe.
Parágrafos: 62 Parágrafos VII Cúpula: -

Recursos Relacionados