Multimedia

IDB: Como parar o relógio da violência contra a mulher?

IDB: Como parar o relógio da violência contra a mulher?

Suélem Barroso, jornalista e consultora em comunicação do Banco Interamericano de Desenvolvimento, escreveu este artigo sobre algumas iniciativas para combater à violência contra as mulheres. Escreve que de cada três brasileiros dois tem presenciado a uma mulher sendo vítima de algum tipo de violência e que de acordo a Folha de São Paulo o Brasil registra dez estupros por dia. Também de acordo com os dados da publicação Visível e Invisível: A Vitimização de Mulheres no Brasil do Fórum de Segurança Pública: “70% das mulheres brasileiras de até 24 anos já sofreram algum tipo de agregação em espaços públicos”. As quatro iniciativas destacadas por Barroso são uma tentativa de reduzir a violência.

Estas iniciativas são:

  1.       Malalai: É um aplicativo que avisa as usuárias sobre os pontos positivos e negativos de sua localização e tem um mecanismo para pedir ajuda.
  2.       Mete a Colher: É também um aplicativo, criado por mulheres, onde a usuária pode pedir ou oferecer ajuda nas seguintes categorias: apoio emocional, inserção no mercado de trabalho, ou orientação jurídica.
  3.       PLP 2.0: Permite as mulheres estabelecer uma rede pessoal de proteção, onde podem fazer denúncias de atos de violência que são encaminhadas as esferas de proteção e aplicação da Lei Maria da Penha.
  4.       Musa: Esta ferramenta permite a uma mulher baixar o MUSA e pedir ajuda a alguém que baixa o aplicativo Anjo. Para pedir ajuda em casos de risco pode apertar um botão no MUSA e sua localização é enviada imediatamente ao Anjo, quem pode ir socorrê-la. 

O artigo original está anexado abaixo. Incluem-se abaixo os links para as iniciativas e os relatórios de Folha de São Paulo e do Fórum de Segurança Pública. 
A imagem é do artigo do BID por Suélem Barroso.

Category:Blogs
Country:Brazil
Language:Portuguese
Year:2018
Institution:Banco Interamericano de Desenvolvimento
Author:Suélem Barroso
Categories: Blogs
Tags:
Rate this article:
No rating

Kirssy GonzálezKirssy González

Other posts by Kirssy González

Contact publisher

Please login or register to post comments.

x