Skip Navigation Links

Emprego
Parágrafos Relacionados ao Tema Parágrafos VII Cúpula

- Antígua e Barbuda - Argentina - Bahamas - Barbados - Belize - Bolívia - Brasil - Canadá - Chile - Colômbia - Costa Rica - Dominica - El Salvador - Equador - Estados Unidos da América - Grenada - Guatemala - Guiana - Haiti - Honduras - Jamaica - México - Nicarágua - Panamá - Paraguai - Peru - República Dominicana - Saint Kitts e Nevis - Santa Lúcia - São Vicente e Granadinas - Suriname - Trinidad e Tobago - Uruguai - Venezuela -
Relatórios
Data  20/06/2010 
A Divisão de Qualificação e Emprego do Ministério de Recursos Humanos e Desenvolvimento de Qualificação do Canadá está trabalhando para assegurar que os atuais programas de emprego permaneçam relevantes e reflitam as realidades do mercado de trabalho no Canadá. Isso é possível com parcerias multilaterais (relações provinciais, territoriais, e público-privado) para assistir grupos-alvo, como trabalhadores mais velhos desempregados, jovens e pessoas com deficiências, em transições de emprego. Para avançar nesse objetivo, esforços são feitos também para assegurar a eficiência do mercado de trabalho por meio de correspondências adequadas entre candidatos a emprego e empregadores.

Em nível internacional, o Canadá é um membro ativo da Organização Internacional do Trabalho (OIT), e em junho de 2009 adotou o Pacto Global para o Emprego da OIT, um instrumento criado para guiar políticas nacionais e internacionais com o objetivo de estimular a recuperação econômica, gerar empregos e oferecer proteção para trabalhadores e suas famílias. O pacto convoca governos e organizações que representam trabalhadores e empregadores a trabalharem juntos, para enfrentar coletivamente a crise global, com políticas em alinhamento com a recente Agenda do Trabalho Digno da OIT.

O Pacto Global para o Emprego é de especial relevância para o objetivo do parágrafo 16 da Declaração de Port of Spain, que propõe medidas e políticas para proteger as pessoas e famílias afetadas pela crise, em particular os mais vulneráveis, e aqueles na economia informal, com o fortalecimento de sistemas de proteção social para apoiar a renda e o sustento, bem como a segurança de pensões.
Parágrafos: 16 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  18/06/2010 
O governo do Canadá está empenhado na proteção das crianças e na eliminação de trabalho infantil nocivo. Todas as jurisdições canadenses têm legislação protegendo crianças de exploração econômica e de trabalho perigoso. Além disso, o Canadá trabalha em colaboração com seus parceiros internacionais, incluindo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), para combater o trabalho infantil internacionalmente.

O Canadá assinou acordos de cooperação com seus parceiros de acordos de livre comércio, que incluem compromissos para a eliminação do trabalho infantil e o fortalecimento efetivo das leis trabalhistas, e está prestando assistência técnica para parceiros de países em desenvolvimento para ajudá-los a cumprir esses compromissos.
Parágrafos: 18 Parágrafos VII Cúpula: -

Data  18/06/2010 
O Canadá promove a criação de oportunidades para trabalho digno por meio da negociação de acordos de livre comércio e do financiamento de programas de cooperação técnica relacionados ao trabalho. O Canadá negocia acordos de colaboração trabalhistas com seus parceiros de livre comércio a fim de promover o respeito por direitos e princípios fundamentais trabalhistas e apoiar o trabalho digno no contexto da liberalização comercial.

Em 2009, o Canadá lançou o Programa Internacional para a Administração do Trabalho Profissional (em inglês, IPPLA), um programa co-financiado pelo Programa do Trabalho e pela Agência Canadense para o Desenvolvimento Internacional. O IPPLA irá aumentar a capacidade dos ministérios de Trabalho e de seus parceiros sociais nas Américas.

Por meio de sua afiliação e ativa participação na OIT, o Canadá negocia padrões trabalhistas internacionais que apoiam a Agenda do Trabalho Digno e a Declaração da OIT sobre os Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho.

O Canadá co-preside o Grupo de Trabalho da Conferência Interamericana de Ministros do Trabalho (CIMT) sobre a promoção do trabalho digno. O plano de ação adotado na 16ª CIMT dá seguimento aos objetivos encontrados no parágrafo 15 da Declaração de Port of Spain.

O Canadá desenvolve uma série de programas em conjunto com os governos provinciais para aumentar o nível de qualificação da força de trabalho. Esses programas incluem seguro-desemprego e medidas de apoio por meio do Programa de Seguro-Desemprego, Acordos no Mercado de Trabalho, Iniciativas visando os Trabalhadores Idosos e Acordos no Mercado de Trabalho para Pessoas com Deficiências. Oficinas e estágios também são promovidos para atender à demanda por trabalhadores certificados e com mobilidade.
Parágrafos: 15 Parágrafos VII Cúpula: -

Recursos Relacionados