Junho 11, 2001

 

COMUNICADO DE IMPRENSA

Visita do Secretário-Geral Adjunto ao Haiti

 

Em seguida à aprovação da resolução AG/RES. 1831 (XXXI-O/01), "Apoio à Democracia no Haiti", pelo Trigésimo Primeiro Período Ordinário de Sessões da Assembléia Geral da OEA na Costa Rica e uma reunião dos Estados membros, Observadores Permanentes e órgãos interamericanos pertinentes, convocados pelo Secretário-Geral César Gaviria, a Secretaria-Geral solicitou hoje ao Secretário-Geral Adjunto Luigi R. Einaudi que faça uma vista ao Haiti de 13 a 15 de junho de 2001.

O propósito da visita do Secretário-Geral Adjunto será esclarecer posições e explorar opções de cooperação internacional, tendo em mente, entre outras coisas, os compromissos contidos na carta do Presidente Aristide ao Trigésimo Primeiro Período Ordinário de Sessões da Assembléia Geral da OEA e a resposta da Assembléia Geral a esses compromissos.

A resolução da Assembléia Geral considerou a constituição "de um Conselho Eleitoral Provisório (CEP) confiável, independente e neutro", até 25 de junho de 2001, "uma medida necessária para gerar um clima de confiança conducente a um acordo de bases amplas entre o Governo do Haiti, os partidos políticos, a sociedade civil e outras instituições relevantes da sociedade haitiana, com vistas a resolver a crise política e fortalecer a democracia e o respeito aos direitos humanos no Haiti". Para essa finalidade, a Assembléia encarregou o Secretário-Geral "de trabalhar em conjunto com Estados membros em prol da normalização das relações entre o Haiti e a comunidade internacional, inclusive as instituições financeiras internacionais, na medida do avanço rumo a uma solução sustentável para a crise decorrente das eleições de 21 de maio de 2000".

A visita do Secretário-Geral Adjunto segue-se à Missão Conjunta OEA/CARICOM, de 29 a 31 de maio, conduzida pelo Secretário-Geral Gaviria e pela ex-Primeira-Ministra da República Dominicana, Dame Eugenia Charles.