FRA  |  ENG  |  ESP  |  POR 
   

Acesso por país

Antígua e Barbuda
Argentina
Bahamas
Barbados
Belize
Bolívia
Brasil
Canadá
Chile
Colômbia
Costa Rica
Dominica
El Salvador
Equador
Estados Unidos
Grenada
Guatemala
Guiana
Haiti
Honduras
Jamaica
México
Nicarágua
Panamá
Paraguai
Peru
República Dominicana
Saint Kitts e Nevis
Santa Lúcia
São Vicente e as Granadinas
Suriname
Trinidad e Tobago
Uruguai
Venezuela
Origem da Rede

A Rede Hemisférica de Intercâmbio de Informações para Assistência Jurídica Mútua em Matéria Penal e Extradição (a “Rede”) vem sendo desenvolvida desde 2000, quando a Terceira Reunião dos Ministros da Justiça ou de Ministros ou Procuradores-Gerais das Américas (REMJA-III) decidiu aumentar e melhorar o intercâmbio de informações entre os Estados membros da OEA na área de assistência mútua em matéria penal.

Para essa finalidade, um grupo de trabalho informal, composto por Argentina, Bahamas, Canadá e El Salvador, com o apoio técnico da Secretaria-Geral da OEA, começou a trocar idéias sobre o tema e a liderar essa iniciativa.  No final de 2001, a primeira versão da Rede foi divulgada: um website público com informações referentes à assistência jurídica mútua em matéria penal e extradição para esses quatro países.  Com o apoio da REMJA seguinte, da Assembléia Geral da OEA e das reuniões da Cúpula das América, a Rede começou a incorporar mais Estados.

A Rede não somente cresceu em tamanho, mas também ampliou seu escopo. Na Primeira Reunião de Autoridades Centrais e de Outros Peritos em Assistência Jurídica Mútua em Matéria Penal, realizada em Ottawa, Canadá (de 30 de abril a 2 de maio de 2003), recomendou-se o estabelecimento de uma rede privada e segura para o intercâmbio de informações entre as autoridades centrais diretamente envolvidas em cooperação jurídica em matéria penal.

A REMJA-VI, realizada de 24 a 26 de 2006, em São Domingos, República Dominicana, recomendou o consolidação contínua da Rede até a inclusão de todos os Estados membros da OEA. No final de 2006, 23 países faziam parte da Rede, que englobava três componentes: uma página pública, uma página privada e um sistema seguro de comunicação eletrônica.

A Secretaria-Geral da OEA está atualmente trabalhando para assegurar que todos os Estados membros da OEA participem plenamente da Rede até a próxima reunião da REMJA, que ocorrerá nos Estados Unidos em 2008.



|  BUSCA  |

Convenções:
- Convenção Interamericana sobre Assistência Mútua em Matéria Penal
- Convenção Interamericana sobre Extradição
- mais...

Reuniões dos  Ministros da Justiça ou dos Ministros ou Procuradores Gerais das Américas (REMJA)

Reuniões de Autoridades Centrais e Outros Peritos em Assistência Jurídica Mútua em Matéria Penal e Extradição:
- III Reunião- Setembro 2007 - Bogotá, Colombia
- II Reunião- Setembro 2005 - Brasilia, Brasil
- I Reunião- Abril 2003 - Ottawa, Canada

Links